‘Redondo é sair do seu quadrado’, esse é o posicionamento que a Skol, respeitosamente, vem trabalhando nos últimos meses.

A nova abordagem da marca, criada pela F/Nazca, coloca um mea-culpa na história da marca, que sempre teve uma abordagem padrão hétero da loira gostosona com roupas curtas e uma lata da cerveja, assume a histórica abordagem errada e foca em valorizar o individual ser-humano, independente do estilo de vida, cor, gênero e qualquer outra forma de rotular.

Em seguimento à essa novo posicionamento, a marca lança a Skolors, uma edição limitada de latinhas com tons de pele das mais variadas tonalidades, representando a pluralidade do nosso país. A intenção é representar a diversidade e a beleza dos diferentes tons de pele das pessoas. O projeto, criada pela F/Nazca, contou com a consultoria do coletivo de arte e música Mooc.

Para divulgar a nova embalagem limitada, a empresa divulga a campanha Skolors que quebra a barreira do preconceito e evidencia a diversidade presente no povo brasileiro, mostrando que somos um só.

Além da divulgação normal em vídeo e materiais promocionais, a empresa também deu a opção para os usuários criarem uma lata digital personalizada que vai identificar o tom de pele do usuário na foto de perfil e criar uma lata única para ele.

Uma ação bonita, que conscientiza, interage e vai de encontro à nova forma de pensar da empresa, que tá bonito de se ver.