O Post de hoje tem uma participação especial, de um amigo que conheci em 2012 em um evento de Marketing Digital que aconteceu em Maio do mesmo ano em São Paulo, o Social Media Brasil, desde então a amizade inter-estadual vem sido consolidada com bastante ideias e projetos mesmo a longa distância.

Hoje o Publicitantes abre um espaço pra falar sobre um assunto bem interessante que muita gente principalmente no mercado Goiano discute: “Ir pra São Paulo” e turbinar sua carreira.

Mas até onde isso é verdade? Quais são as reais dificuldades de uma aventura como essa? O Fábio Lucas Publicitário, saiu de seu conforto na Bahia, com casa de frente para o Mar, pra tentar a vida na selva de pedra, e ele conta um pouco pra gente hoje dessa experiência e quais as reais dificuldades que ele vem passando desde sua chegada na cidade.

Descubra as vantagens de viajar sozinho

Muitos aspirantes e estudantes de comunicação sempre (ou quase isso!) põem em mesa uma questão: “Ah! Vou para São Paulo pois lá o cenário da minha área é maior e existe muito mais oportunidade!”. 

Assim como você que está lendo esse post agora, eu mesmo estive por bastante tempo incluído nesse grupo. Comecei a pôr essa ideia na cabeça a partir do meio da faculdade e daí então, ela veio martelando desde sempre na mente! Resultado: Após finalizar meu curso de Publicidade e Propaganda, arregacei as mangas, aproveitei a leva de uma transição de job e em apenas um mês organizei minhas coisas e me joguei pra cá!

avenida paulista_2

Agora tô aqui pra dar algumas dicas a você que provavelmente está na mesma posição que eu estava antes e não sabe se vai ou fica, enfim! Por onde começar:

1. ESTOU DECIDIDO! POR ONDE COMEÇO?

Já está certo de que é isso mesmo que você quer? Beleza! Conversa com seus pais ou com alguém mais próximo. Apoio nessa hora é uma fator importante e bastante motivador para você seguir na sua decisão com um pouco mais de confiança e pouco menos apreensivo. Vai te confortar bastante lidar as adversidades iniciais sabendo que você não tá completamente só 🙂

2. ORGANIZAÇÃO E PRIORIDADES SÃO ESSENCIAIS

Organize currículo, acervo profissional (portfólio e cia), dívidas, aluguel acertado em sampa, seja lá o que for… deixe tudo atualizado e em dia, afinal de contas você vai iniciar uma nova fase da sua vida! Planeje sua ida baseando-se no tempo que você vai ter para organizar todo o necessário, e nada de perder o foco da sua meta! O tempo inteiro vão surgir situações que vão lhe tirar a atenção. Fique atento a isso!

3. OPEN YOUR MIND!

Mente aberta! Estamos falando de São Paulo e de você saindo da zona de conforto, agora é você se virando! A selva de pedra tem gente de tudo quanto é canto, mas isso não implica que não haja os paulistanos natos! Você está prestes a lidar e aprender com uma grande diversidade cultural, antes mesmo de querer chegar bancando o bonzão, observe primeiro! É sempre importante levar em consideração que as pessoas passam na maior parte da vezes por experiências diferentes das quais estamos habituados. Aprenda com o outro e valorize essas experiências! Isso te dá mais sensibilidade. Uma flexibilidade e tolerância maior ao novo. Você passa a ter um terreno fértil para a criatividade e fácil adaptação a mudanças.

4. ARRUMEI AS MALAS, PARTI!  

Partiu! Chegado o grande dia, é muito comum a euforia e ansiedade tomarem conta. Afinal de contas, é uma nova vida! Mas vamos com calma! São Paulo tem a mania de deixar a pessoa vislumbrada, pois um mundaréu de coisas acontece por aqui. Essa cidade ferve mesmo! Vai se acomodar, organizar tudo seu para depois pensar em outras coisas.

5. TRABALHO, TRABALHO!

Algumas pessoas vem com trabalho certo e outras (como eu!) vem procurar ver o que rola por cá! A maioria sempre tem receio em chegar e do nada e não ter nada garantido, óbvio! Mas é aquela coisa, na vida às vezes é necessário correr determinados riscos pra colher frutos mais adiante, e caso ocorra, ter um plano B sempre. O mercado em São Paulo é bastante aquecido e o dinheiro gira, mas você tem que ser bom no que faz e mostrar pra que veio! No meu caso, trabalhei em alguns lugares ainda em Salvador, adquiri determinada experiência dentro da área que escolhi – Marketing Digital, participei de congressos e cursos (locais e nacionais) para me aperfeiçoar e fazer o bom e velho networking. Bagagem faz um baita diferencial e é uma referência! São milhares de outras pessoas brigando por isso tanto quanto você 😉 EXPLORE O QUE VOCÊ FAZ DE MELHOR!

No primeiro momento é extremamente importante criar uma rotina de busca. Aqui tem vagas todos os dias praticamente! Pesquise sites de vagas relacionadas como o TRAMPOS.CO, 99JOBS, VAGAS.COM, CATHO, INFOJOBS, grupos do Facebook entre outros. Crie uma meta de envios por dia (eu enviava no mínimo 10) e venda seu peixe, claro! Ah, mantenha suas redes sociais sempre atualizadas, de acordo com a sua área (O meu LinkedIn, por exemplo, ia junto nos e-mails acompanhando de uma apresentação!). Em 2 semanas estava eu trabalhando!

6. NETWORKING, CONTATOS!

Cheguei na cidade com dois cursos pra fazer. Foi outro ponto bacana! Pois conheci pessoas da área, fiz novas amizades e contatos bacanas que me nortearam no primeiro momento já na cidade. Manter e estender sua rede de contatos facilita e agiliza bastante tudo!

Acho que o básico é isso! É ter em mente sua meta e seus objetivos em relação ao que você quer para sua vida e o que a cidade vai poder te proporcionar para conseguir isso. No mais, aproveitem e desfrutem da quantidade de opções que a “cidade que nunca dorme” pode te oferecer! Desejo sucesso aos marujos!

Fábio Lucas
Fábio Lucas

 

Espero que tenha ajudado de alguma forma ou motivado quem estava na dúvida!

Publicitário viajante, apaixonado pelo que faz e ligado no 220!  Entusiasta de novas tecnologias e mídias digitais aplicadas à publicidade e ao marketing.

Fábio Lucas